Docentes

Docentes da Pós-Graduação

Nome Áreas Bolsas de Produtividade (em 2015.2)
Alberto Barbosa Raposo CG, IHC CNPq Nível 2
Alessandro Fabricio Garcia ES CNPq Nível 1D
Antonio Luz Furtado – Professor Emérito BD, HM
Arndt von Staa ES
Bruno Feijó CG, HM CNPq Nível 1C
Carlos José Pereira de Lucena ES, TC CNPq Nível 1A
Clarisse Sieckenius de Souza IHC CNPq Nível 1B
Daniel Schwabe HM, ES, IHC CNPq Nível 1C
Eduardo Sany Laber OTR, TC CNPq Nível 1C
Edward Hermann Haeusler TC CNPq Nível 2
Helio Côrtes Vieira Lopes CG, OTR CNPq Nível 2
Hugo Fuks ES, IHC CNPq Nível 2
Julio Cesar Sampaio do Prado Leite ES CNPq Nível 1C
Marcelo Gattass CG CNPq Nível 1A
Marco Antonio Casanova BD, CG CNPq Nível 1B
Marco Serpa Molinaro OTR, TC
Marcus Vinicius Soledade Poggi de Aragão OTR, TC CNPq Nível 1C
Markus Endler RCSD CNPq Nível 2
Noemi Rodriguez RCSD, LP
Roberto Ierusalimschy LP CNPq Nível 1C
Ruy Luiz Milidiú OTR, ES CNPq Nível 2
Sérgio Lifschitz BD
Simone Diniz Junqueira Barbosa IHC, HM CNPq Nível 2
Thibaut Vidal OTR CNPq Nível 2
Waldemar Celes Filho CG CNPq Nível 2

Credenciamento de Professores para o Quadro Permanente

Por exigência da CAPES, o programa de pós-graduação deve apresentar regras explícitas para o credenciamento dos professores para ingressarem no Quadro de Docentes Permanentes do Programa. Segundo a regra aprovada no Departamento de Informática da PUC-Rio (DI), o professor tem de se destacar (i.e., estar acima da média de seus pares) em ao menos dois dos itens que constituem os pilares do programa e, em pelo menos um deles, o professor deve contribuir concretamente para superar o desempenho anterior do programa (i.e., seu desempenho deve estar causalmente associado a indicadores de progresso do programa, em processos de avaliação externa, em particular nas avaliações da CAPES).

Processo de Credenciamento

Os indicadores de desempenho utilizados na avaliação são estabelecidos pela Comissão de Carreira Docente do DI (CCD), da qual o Coordenador de Pós-Graduação é Assessor e o Diretor do Departamento membro nato. Os professores são credenciados para o quadro permanente por um período de três anos renováveis, durante os quais eles passarão por avaliações anuais regulares da CCD, instruídas também, mas não exclusivamente, pelos relatórios anuais de desempenho do programa apresentados pelo Coordenador de Pós-Graduação. Professores recém-contratados devem atuar como colaboradores no triênio de sua contratação, só devendo passar ao quadro permanente no triênio seguinte ao de sua contratação. Em casos excepcionais, a CCD poderá autorizar o ingresso de recém-contratados no quadro permanente durante o triênio de sua contratação.

A Comissão Central de Carreira Docente da PUC-Rio avalia e confirma ou desconfirma as propostas de credenciamento de professores apresentada pela CCD-DI.

Comments are closed.