Archive for the ‘Palestras’ Category.

Seminário: “Criptografia Pós-quântica: algoritmos e aplicações”

Data: 10/2/2014
Local: Sala 511 RDC
Horário: 14hs (14-15)

Título: “Criptografia Pós-quântica: algoritmos e aplicações”

Palestrante: Ricardo Dahab (IC/UNICAMP)

Abstract: Post-quantum Cryptography is the name given to a collection
of techniques that gained new momentum after Peter Shor’s
proposal of quantum polynomial algorithms for the integer factorization
and discrete logarithm problems. These have been, for decades
now, at the base of all popular cryptographic algorithms and
protocols. We will review these techniques and their applications
in information security.

———
Sobre o palestrante:
Ricardo Dahab é professor livre-docente do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP. Tem mestrado pela UNICAMP em Criptografia e doutorado pela Universidade de Waterloo, Canadá, em Combinatória e Otimização. Seus interesses de docência e pesquisa situam-se nas áreas de Algoritmos e Protocolos Criptográficos e Segurança da Informação. Desde 1995 tem publicado trabalhos científicos e orientado teses de doutorado e mestrado nessas áreas, várias das quais receberam prêmios e distinções. Atuou também na área de Teoria dos Grafos. Participou do projeto ICP-EDU, em parceria com a RNP, UFSC, UFMG e Kryptus Tecnologias de Segurança, do qual resultou o primeiro hardware de alta segurança (HSM) totalmente nacional. Esse HSM hoje equipa a autoridade certificadora-raiz da ICP Brasil, da qual o Prof. Dahab participa também como membro do comitê gestor. Mais recentemente tem participado e coordenado projetos de pesquisa e desenvolvimento acadêmicos e com a indústria, na área de autenticação para tecnologia bancária, avaliação de segurança de dispositivos, e implementação eficiente de métodos criptográficos. Junto com as comunidades de Criptografia e Segurança vem cooperando ativamente na consolidação dessas áreas no Brasil e na América Latina, participando da Comissão Especial de Segurança da SBC, da organização de eventos como o SBSeg, a Escola Avançada de Criptografia e o Latincrypt. Iniciou, junto com outros colegas, a Maratona de Programação da ACM no Brasil, em 1996, que se tornou a Regional Brasileira do ACM International Collegiate Programming Contests. Hoje é diretor destas competições para a América Latina. Em 2011, com o prêmio Zeferino Vaz de Excelência Acadêmica da UNICAMP

*Mudança de sala* Palestra dia 3/12 às 13:00-14:30, Auditório do RDC: “Applying Theory to Practice (and Practice to Theory) at IBM” – Ron Fagin

Título: Applying Theory to Practice (and Practice to Theory) at IBM
Palestrante: Ron Fagin
Data: terça-feira, 3 de dezembro de 2013
Horário: 13:00 – 14:30
Local: Auditório do RDC

Resumo:
The speaker will talk about applying theory to practice at IBM, with a focus on two war stories, which he will draw morals from. This talk, which will be completely self-contained, is aimed at both theoreticians and system builders, to encourage them to work together.

Biografia resumida:
Ron Fagin is an IBM Fellow at the IBM Almaden Research Center. He has won an IBM Corporate Award, eight IBM Outstanding Innovation Awards, an IBM Outstanding Technical Achievement Award, and two IBM key patent awards. He received his B.A. in mathematics from Dartmouth College, and his Ph.D. in mathematics from the University of California at Berkeley. He is a Fellow of ACM, IEEE, and AAAS (American Association for the Advancement of Science). He was named Docteur Honoris Causa by the University of Paris, and a “Highly Cited Researcher” by ISI (the Institute for Scientific Information). He has won three Best Paper awards and two Test-of-Time Awards from major conferences. He won the 2011 IEEE Technical Achievement Award, and the 2012 IEEE W. Wallace McDowell Award. He received the 2004 ACM SIGMOD Edgar F. Codd Innovations Award, a lifetime achievement award in databases.

Palestra dia 17/10 às 13:30, sala 511 RDC: “Minimalist Tools for End-User Development” – Mary Beth Rosson

Profa. Mary Beth Rosson
Center for Human-Computer Interaction
The Pennsylvania State University
University Park, PA, USA

People want to get things done, not learn how to program. They want to use computational tools to solve problems, not create software artifacts that are elegant, extensible, or reusable. In some cases end users may not even care whether the software they create is (exactly!) correct. When we combine this starting motivation with a general lack of expertise in logic, control flow, and algorithm design, we face a number of basic challenges in building tools and other support for end-user development.

Minimalism is attractive as a design approach for end-user development because it addresses motivation and cognitive issues in concert. In this talk I will provide a brief overview of minimalist learning theory and several related design techniques (training wheels, view matcher, guided exploration, scaffolded examples). I will show how these techniques are being used to design end-user programming tools and activities, and discuss the implications for engaging active users in end-user development.

Perfil da Palestrante:

Mary Beth Rosson é Professora Titular e Decana Associada de Graduação do College of Information Sciences and Technology da Pennsylvania State University. É também diretora adjunta do Computer-Supported Collaboration and Learning Lab. Antes de associar-se à Penn State em 2003, foi Professora Titular de Ciência da Computação no Virginia Tech por 10 anos e pesquisadora do IBM T. J. Watson Research Center por 11 years. Mary Beth Rosson é internacionalmente conhecida por suas atividades de pesquisa e ensino na área de Interação Humano-Computador, incluindo métodos de design e avaliação participativos e baseados em cenários, bem como nas áreas de Aprendizado Colaborativo Apoiado por Computador e Desenvolvimento de Software por Usuários Finais. É autora do livro “Usability Engineering: Scenario-Based Development of Human-Computer Interaction” (Morgan Kaufmann, 2002) e de numerosos artigos, capítulos de livros e tutoriais. Mary Beth esteve à frente de vários encontros científicos internacionais, tais como a coordenação (Chair) da OOPSLA 2000, CHI 2007 e VL/HCC 2010. É membro da CHI Academy e ACM Distinguished Scientist.

Palestra dia 30/09 às 11h, sala 511 RDC: “OSv – O Sistema Operacional para Cloud Computing” – Glauber Costa

Data: 30/09 às 11h

Local: sala 511 RDC

Título: “OSv – O Sistema Operacional para Cloud Computing”

Palestrante: Glauber Costa

Resumo

O OSv é o primeiro Sistema Operacional do mercado projetado especificamente para Computação em Nuvem (Cloud Computing). A flexibilidade trazida pela computação em nuvem é certamente sem precedentes. Em questão de minutos um usuário tem uma nova máquina virtual já ativa, executando o seu workload. Por máxima flexibilidade, essa maquina virtual usualmente executa um só aplicativo, permitindo que instancias de cada um dos aplicativos sejam provisionadas independentemente. O isolamento entre essas máquinas virtuais é uma tarefa relegada para o Hypervisor.

No entanto, cada uma dessas máquinas virtuais ainda roda um Sistema Operacional tradicional, com capacidade total de isolar recursos ainda que não haja nenhum recurso para isolar. Com um design inovador, o OSv é um “single address space OS”, que tem a capacidade de executar um, e apenas um processo. Isso permite que o sistema evite o custo de trocas de nível de privilégio, TLB flushes, e cópias nos caminhos de I/O. Além disso, há uma enorme simplificação da administração do Sistema Operacional – visto que há pouco ou nada a gerenciar – que se traduz diretamente em economia para os usuários.

Em termos de performance, resultados preliminares já colocam o OSv cerca de 20 % a frente do Linux em alguns workloads.

Sobre Glauber Costa

Engenheiro e Mestre pela Unicamp, Glauber tem uma década de experiência como desenvolvedor do Kernel Linux, já tendo sido apontado pela Linux Foundation com um dos 30 desenvolvedores mais ativos do projeto no mundo (2009). Empregado por empresas como IBM, Red Hat e Parallels, Glauber atuou grande parte da sua carreira na área de virtualização, tendo contribuições importantes para os projetos Xen, KVM Hypervisor, QEMU, e mais recentemente Linux Containers. Atualmente é Lead Developer do OSv, o primeiro Sistema Operacional projetado para Computação em Nuvem.

Palestra dia 25/09 às 16:00, sala 511 RDC: “Grounded Theory na Teoria e na Prática: Condução de Pesquisas Qualitativas em Engenharia de Software”

Resumo:

A Grounded Theory (GT), ou “Teoria Fundamentada em Dados” é uma metodologia de pesquisa que usa uma técnica indutiva baseada na análise sistemática e incremental de dados qualitativos. Ela é uma metodologia amplamente utilizada em disciplinas das ciências sociais (Sociologia, Antropologia, etc) e médicas (Enfermagem e Medicina), entre outras. Atualmente, constata-se um aumento de estudos qualitativos em Engenharia de Software (ES). Para a pesquisa em ES, o emprego de métodos qualitativos é importante, pois eles permitem uma compreensão mais abrangente de todo o fenômeno em estudo . Apenas esta ampla compreensão dos fenômenos estudados durante a atividade de desenvolvimento de software é capaz de subsidiar o desenvolvimento de tecnologias efetivas e capazes de potencializar resultados, tanto sob o ponto de vista de negócio quanto sob o ponto de vista da satisfação dos atores envolvidos no processo. Baseado nestes aspectos, o aprendizado de um método de análise qualitativa, neste caso a GT, se torna bastante relevante no contexto de pesquisas em ES.  Ao mesmo tempo em que cresce o uso da GT , muitos pesquisadores acabam utilizando o método de maneira distorcida ou até mesmo equivocada. Neste sentido, esta palestra tem por objetivo introduzir de forma teórica e prática como utilizar a Grounded Theory (GT) como uma das formas de condução de pesquisas qualitativas em Engenharia de Software. A palestra abordará o histórico do método, seus conceitos e principais aspectos, bem como exemplos práticos de uso do método no contexto de Engenharia de Software.

Short Bio – Prof. Tayana Conte:

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Pará (1996), mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001) e doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009). Atualmente é Professora Adjunto da Universidade Federal do Amazonas, onde atua em cursos de graduação e pós-graduação. Concluiu a orientação de 11 Dissertações de Mestrado na área de Engenharia de Software/ IHC/ Ciência da Computação. Participa da Equipe Técnica do Modelo (ETM) de Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS.BR). É membro da Comissão de Educação da Sociedade Brasileira de Computação (períodos 2011-2013 e 2013-2015) e atua como secretária do capítulo brasileiro do SIGCHI (BRCHI), grupo de interesse da ACM sobre Interação Humano-Computador. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software e IHC, atuando principalmente nos seguintes temas: Engenharia de Aplicações Web, Avaliação de Usabilidade, Engenharia de Software Experimental, Usabilidade de Aplicações Web e Qualidade de Software. Mais informações no CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/6682919653508224.

Palestra na sexta-feira (23/8 às 14:30, 511 RDC): “Having Fun with Tables: Adding new dimensions to user interfaces” – Joaquim Jorge

Título: “Having Fun with Tables: Adding new dimensions to user interfaces”
Palestrante: Joaquim Jorge, Technical University of Lisboa
Data: sexta-feira, 23/8, às 14:30
Local: sala 511 RDC

Resumo:

Work on interactive tabletops and surfaces has focused mostly on two-dimensional issues, such as multi-finger gestures and tangible interaction. Interesting as it is however, this picture is missing several dimensions. I will describe work on 2D and 3D semi-immersive environments and present novel on-and-above-the-surface techniques based on bi-manual models to take advantage of the continuous interaction space for creating and editing 3D models in stereoscopic environments. I will also discuss means to allow for more expressive interactions, including novel uses of sound and combining hand and finger tracking in the space above the table with multitouch gestures on its surface continuously. These combinations can provide alternative design environments and allow novel interaction modalities.

I will also discuss research opportunities in multimodal graphical user interfaces

Bio:

Joaquim Jorge is a Professor at Instituto Superior Técnico (IST/UTL), the School of Engineering of the Technical University of Lisboa, Portugal, where he teaches User Interfaces and Computer Graphics. He received PhD and MSc degrees in Computer Science from Rensselaer Polytechnic Institute, Troy, NY, in 1995. He is Editor in Chief of Computers & Graphics Journal and a member of the ERCIM Editorial Board. He is a senior member of ACM/SIGGRAPH and IEEE Computer Society as well as Portuguese national representative to IFIP´s TC13 (Human Computer Interaction). He has also served on the EG Education Board since its inception in 2001 until 2011. Joaquim Jorge’s interests are in Calligraphic and Multimodal User Interfaces, Visual Languages and Pattern Recognition techniques applied to Human-Computer Interaction. He was elected Fellow of the Eurographics Association in 2010.

Palestra 03/jul às 14:30: DAAT and TAAT algorithms for top-k retrieval – Marcus Fontoura, Google

Dia: 3 de Julho, Quarta Feira
Horário 14:30h
Sala: 511 RDC

Abstract:
Top-k retrieval is at the core of many modern applications: from large scale web search and advertising platforms, to text extenders and content management systems. In these systems, queries are evaluated using two major families of algorithms: document-at-a-time (DAAT) and term-at-a-time (TAAT). DAAT and TAAT algorithms have been studied extensively in the research literature. In this talk, I’ll present an analysis and comparison of several DAAT and TAAT algorithms, focusing on the performance characteristics of these algorithms.

Bio:
I have finished my Ph.D. studies in 1999, at the Pontifical Catholic University of Rio de Janeiro, Brazil (PUC-Rio) in a joint program with the Computer Systems Group, University of Waterloo, Canada. Since then I held research posts at the Princeton University Computer Science Department, IBM Almaden Research Center, and Yahoo! Research. Currently I am a Research Scientist and Member of Technical Staff at Google. My main areas of research in the last years have been Web Search; Computational Advertising, Enterprise search, and Databases. I have more than 40 published papers and 20 issued patents. My complete CV is available at: http://fontoura.org.

Palestra 06/jun, 15:00, sala 224L – Visualising Official Statistics – Prof. Alan Smith (ONS, UK)

Título: Visualising Official Statistics

Data: 06/06/2013 (quinta-feira)

Horário: 15h

Local: sala 224 L

Palestrante: Prof. Alan Smith, BA (Hons) MSc OBE – UK Office for National Statistics (ONS)

Resumo: A presentation covering some of the work of the ONS’ Data Visualisation Centre – using graphics, animation and interactivity to produce engaging yet meaningful visualisations.

Bio: Alan Smith é o responsável em metodologia (e fundador) do centro de visualização de dados do Escritório Nacional de Estatísticas do Reino Unido (ONS).

Formado em cartografia, Alan sempre foi interessado na apresentação visual de informações. O trabalho de sua equipe na ONS concentra fortemente nas oportunidades oferecidas pela web para produzir conteúdo rico e envolvente que promove o uso e entendimento das estatísticas. Ele tem inúmeras palestras sobre o tema apresentação de dados e ministra vários cursos de treinamento para o setor público e privado.

No Reino Unido, Alan foi agraciado com o Prêmio Royal Statistical Society de Excelência em Estatísticas Oficiais (2010) e foi nomeado Oficial da Ordem do Império Britânico (OBE) pelos serviços prestados ao Escritório Nacional de Estatísticas do Reino Unido em 2011 na lista de honra do aniversário da Rainha.

Você pode seguir Alan no Twitter: @theboysmithy

Palestra – 05/06, 16:00 – “Refatoramento de Software” – Prof. Rohit Gheyi

Local: DI, RDC – 5o. andar, sala 511
Data/Horário: 5 de junho de 2013, 16:00 – 18:00

Título: “Refatoramento de Software – Estado da Arte e da Prática”

Resumo:

Refatoramento é uma forma de manutenção que visa alterar um software melhorando a sua estrutura interna sem alterar o seu comportamento observável. Esta atividade pode ser utilizada para melhorar a extensibilidade, reusabilidade, complexidade, manutenabilidade do software. A palestra irá apresentar conceitos, histórico, e principais ferramentas do estado da arte e da prática utilizadas nesta atividade. Além disso, apresentará o principais trabalhos juntamente com desafios da área relacionados a avaliação da preservação de comportamento, a avaliação da melhoria da qualidade, refatoração de APIs, dentre outros temas.

Short Bio:

Rohit Gheyi possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Paraíba (2001), mestrado (2004) e doutorado (2007) em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco. Realizou doutorado sanduíche no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Em 2008 ingressou na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) como bolsista de pós-doutorado, e desde 2009 se tornou professor da mesma instituição. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: Refatoramentos, Testes, Métodos Formais e Linhas de Produtos de Software.

Mais detalhes em:
http://www.dsc.ufcg.edu.br/~rohit/Rohit_Gheyi/Home.html

Palestra em 23/maio às 11h: Simulation in the medical area – the development of a haptic simulator for Spinal Anaesthesia – Annette Aboulafia, University of Roskilde and Copenhagen University

Título: Simulation in the medical area – the development of a haptic simulator for Spinal Anaesthesia.

Data: 23/maio/2013 (quinta-feira)

Horário: 11h

Local: 511 RDC

Abstract

The development of simulators for training medical staff demands a high degree collaboration between medical staff, designers and evaluators. The presentation will show the design process from a designers perspective of 3 coherent, but different projects: DBMT – Design-based Medical Training, Project TEL-Medicine and MedCap – Competence Assessment for Spinal Anaesthesia. Understanding the medical procedure, technological obstacles and assessment of the learning effect created the biggest difficulties.

Biography

Annette Aboulafia holds a Master of Science and a Ph.D. in Psychology from Copenhagen University. She also holds a Teacher certificat for primary and sedundary shools.

She has been Associate Professor at University of Roskilde (DK), and a visiting Professor at Copenhagen University for many years. During the years 2004-2010 she was a Senior Research Scholar at the Interaction Design Centre, University of Limerick, Ireland, and recently a consultant at the NDRC (National Digital Research Centre), Dublin. Currently, she is an active member of the Medical Educational Forum, School of Medicine, University of Cork, Ireland, and serves as an external examinar in a number of Universities in Denmark in the fields of cognitive, pedagogical, and developmental psychology.

Since 1990 she has been involved in 8 large EU projects in the area of work psychology, human-computer interaction (HCI), computer-mediated learning. Most recently she was involved in the EU KALEIDOSCOPE Network of Excellence in Technology-enhanced Learning, and in a number of project in the area of Medical simulation: the DBMT project, the MedCap project (Competence Assessment for Spinal Anaesthesia and the HAYSTACK project (A simulation tool for the training and assessment of competence in peripheral nerve blockade) (2009-2011).